Header Ads

Image and video hosting by TinyPic

News

GAECO em parceria com Polícia Militar de Ourinhos prendem proprietário do maior desmanche de veículos de Ourinhos e região


“Carcaça” é dono do maior desmanche de veículos na cidade de Ourinhos.

Na manhã desta quinta feira, 16/06/16, por volta das 07 horas, a Polícia Militar com apoio do GAECO DE Bauru e do Ministério Público de Ourinhos prendeu Douglas Ferrari, o “Carcaça”, seu advogado, Rogério do Posto de Lacração de veículos e mais outros envolvidos em um esquema de adulteração de placas de veículos furtados e roubados. Duas armas calibre 38 e 380 de uso restrito além de uma carteira falsa onde o mesmo se passava por Juiz de Direito foram apreendidas. Foi ainda apreendido uma prensa que era utilizada para adulterar numeração de chassis e vários documentos de veículos.

No Paraná, na cidade de Cambará com apoio da Polícia Militar também foi preso um dos integrantes do esquema, o “FIO”, que já era investigado há vários meses.

A "casa" caiu, Douglas Ferrari, vulgo "Carcaça", seu advogado Cláudio e um funcionário de nome David, 
Paulo Rogério do Posto de Lacração de veículos e Odenil Rossi, vulgo"Fio", outro integrante do esquema criminoso, já estão presos enquanto policiais militares cumprem outras diligências, inclusive havendo envolvimento efetivo de despachantes policiais que também serão oportunamente "buscados".
Por volta de 07 horas desta quinta-feira, dia 16, a Polícia Militar de Ourinhos e Bauru, o GAECO de Bauru e o Ministério Público de Ourinhos realizaram uma Mega Operação para desmantelamento de uma quadrilha especializada em adulteração de placas de veículos furtados e ou roubados localizada em Ourinhos, considerado o maior centro de desmanche de veículos e venda de peças usadas da região. Por enquanto apenas "Carcaça", seu advogado, Paulo Rogério do Posto de Lacração de veículos, um funcionário de nome David foram presos em Ourinhos, podendo já haver outros ainda não divulgados, além de que uma viatura da Polícia Militar do Paraná trouxe também preso daquele Estado um outro participante, conhecido como "Fio", estando todos no momento no Forum de Ourinhos, para onde foram conduzidos imediatamente e antes de serem direcionados a cadeia pública, não sabendo ainda que tipo de ordem de prisão receberam, mas que com farto material probatório, a Justiça não terá dificuldades no processamento dos crimes.
Duas armas, um revólver de calibre 38 e uma pistola de calibre 380 ou 9mm, de uso restrito, além de dezenas de documentos (carteiras) falsos foram apreendidos na residência do advogado de Douglas, o qual se utilizava, o advogado, para se passar inclusive por Juiz de Direito.
Uma prensa, utilizada para fabricação de placas de veículos foi apreendida em um imóvel da família de Douglas Ferrari, localizado na rua Antonio Prado em Ourinhos e também para a adulteração de chassis de veículos furtados ou roubados.
Na cidade de Cambará o GAECO, apoiado pela Polícia Militar do Estado do Paraná, prendeu um dos integrantes do esquema, conhecido por "Fio", já há meses objeto de investigação.
O Forum de Ourinhos amanheceu, dessa forma, sob forte esquema de segurança, onde policiais militares e viaturas tomaram a frente do estabelecimento, para evitar qualquer tentativa de evasão ou resgate dos presos conduzidos além da proteção às autoridades pertinentes.
A Mega Operação do GAECO, Polícia Militar e Ministério Público não teve a participação da Polícia Civil, ocorreu dentro de um processo sigiloso e contou com a participação de policiais militares reservados, do Canil, cães e viaturas táticas de Bauru e Ourinhos, além de policiais militares e viatura da ROTAM de Cambará-PR.